segunda-feira, 16 de julho de 2012

Programa Frente a frente, cancelado inexplicavelmente na última hora - lamentavelmente.




Lamentavelmente isso ainda acontece. Claramente um ato de censura e preconceito. Vejam pelas palavras de Ademar Gevaerd:

A história deste programa é bizarra. Simplesmente, depois de gravado, editado, formatado e absolutamente pronto para ir ao ar, ele foi CANCELADO com o mínimo de explicações. Em e-mail, o diretor de jornalismo da TVE, Gilmar Eitelwein, disse que ele não seria exibido, apesar de pronto. "Infelizmente, a direção da TVE entendeu que o programa Frente a Frente que realizamos contigo não será exibido, por não se adequar à temática e filosofia do programa. Lamento, ao mesmo tempo em que agradeço tua disponibilidade e participação". Por não se adequar à temática e filosofia do programa? Então por que convidaram um ufólogo? Por que escolheram este tema?

Bem, dizem que há uma primeira vez pra tudo na vida, e esta foi a primeira na minha em que vi algo assim acontecer...

Convidado -- praticamente convocado -- com semanas de antecedência, tendo a pauta sido exaustivamente discutida via e-mail e telefone, inclusive eu estando em viagem ao exterior e pagando deslocamento caríssimo, compareci com muito boa vontade e com tudo o que me foi solicitado à sede da emissora, na capital gaúcha, naquela data. Gravei o programa de uma hora com quatro debatedores, três reputados jornalistas locais e uma professora de astronomia (cética) da UFRGS. Tudo transcorreu normalmente, as discussões foram de alto nível e a equipe presente -- entre jornalistas, produtores, convidados etc -- se mostrou satisfeita com o resultado.

No entanto, com uma explicação absolutamente rasa, sem qualquer sentido, o programa foi cancelado...

Nunca vi coisa igual em toda a minha vida, e nem mesmo muitos outros colegas ufólogos e jornalistas -- inclusive gaúchos - consultados. "É um desrespeito", resumiu um deles. Por fontes seguras, ouvi o rumor de que se tratou de preconceito da referida diretoria, o que me surpreendeu. Ora, estamos em 2012! Como todo mundo que me conhece sabe, já participei de inúmeros debates de todos os tipos, no Brasil e exterior, e confesso nunca ter experimentado uma situação dessas. Foi realmente estranho!

Mesmo assim, eis o vídeo no endereço acima, disponibilizado pelo jornalista Gilmar, para que vejam seu conteúdo.






domingo, 15 de julho de 2012

UFO passeia em barragem


Por: Cristina Mota Saraiva



Um pacato dia de domingo, passado junto à Barragem de Idanha-a-Nova, acabou por se transformar numa surpresa para Marta Pombo.
A ida até à barragem, no passado dia 8 de julho, não passava de uma saída normal, para estar junto à água, refrescar-se e descansar, preparando-se já para a semana de trabalho.
Fez-se acompanhar da sua máquina fotográfica e lá foi disparando em diversas perspetivas.
Quando a mãe foi para a água, em cima da mota, aproveitou o momento e fez diversas fotos, em disparo contínuo.
Já de regresso a casa e fazendo um balanço da atividade fotográfica, observando os bonecos depara-se com um objeto estranho numa das fotos, "em que os disparos foram contínuos", como afirma ao Reconquista.
"É algo que voa, mas não aparenta, em nada, ser um pássaro ou um avião, nada do género.
Acho que pode ser mesmo um OVNI (objeto voador não identificado)", afirma. E acrescenta que, no momento não se apercebeu de nada, nem de nenhum som, "até porque a mota de água faz bastante barulho".
Marta Pombo nunca tinha visto, nem captado algo do género e à questão sobre se acredita em ovnis ou vida noutros planetas responde "eu acredito que não estamos sós no universo", conclui.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Disponibilizadas na íntegra as palestras do 8º Encontro Ufológico de Peruíbe


Assista o grande evento ocorrido no mês de abril

Categoria: EQUIPE UFO | EVENTOS | HISTÓRIA DA UFOLOGIA | INVESTIGAÇÃO | PESQUISA


Conteúdos completos e atuais sobre o que ocorre de ufológico pelo mundo. 
Crédito: Revista UFO/Rafael Amorim

Foi na Estância Balneária de Peruíbe, litoral sul de São Paulo, que se realizaram de 13 a 15 de abril o 8º Encontro Ufológico de Peruíbe, simultaneamente à 2ª Conferência Internacional Sobre Vida Extraterrestre da Jureia, como parte do calendário oficial da cidade. Foram organizados pela Revista UFO, convocada pela prefeita Milena Bargieri e pelo secretário municipal de Turismo João Fioribelli Júnior.

A cidade conta com o primeiro Roteiro Ufológico do Brasil, construído com recursos públicos, pois a quantidade de ocorrências ufológicas registradas na região ultrapassa muito a média brasileira. De avistamentos múltiplos sobre o mar à observação de sondas, supostos portais dimensionais entre a serra regional, de aterrissagens de naves a contatos com tripulantes e abduções a bases intraterrenas [Conheça algumas das histórias clicando aqui], Peruíbe tem hoje o título de recordista nacional.

Além de promover congressos de grandes proporções e mostrar a seriedade com que trata do assunto, a cidade deu um exemplo a outras do país, algumas das quais com elevada incidência ufológica. Uma consequência imediata desta atitude foi proporcionar à Ufologia uma credibilidade que ela ansiava, merecia e, agora, com o sucesso atingido e os eventos permanecendo em seu calendário oficial, comprovou-se de maneira inquestionável que a Ufologia pode e deve contar com apoio do poder público.

O foco do 8º Encontro de Ufologia de Peruíbe e da 2ª Conferência Internacional Sobre Vida Extraterrestre da Jureia foi promover amplo debate, não apenas da casuística ufológica local, mas mundial, assim como uma análise do que ela significa para a humanidade. Para fazê-lo, a Revista UFO convocou mais de uma dúzia de importantes ufólogos do Brasil e de quatro países, representando variadas linhas de pensamento sobre a questão.

Conferências na íntegra

Assista todas as palestras no Portal da Ufologia Brasileira, link: http://www.ufo.com.br/noticias/disponibilizadas-na-integra-as-palestras-do-8-encontro-ufologico-de-peruibe

Paulo Poiam